Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAI - Gabinete de Apoio e de Intervenção

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Para esclarecer, sensibilizar e intervir.

GAI - Gabinete de Apoio e de Intervenção

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Para esclarecer, sensibilizar e intervir.

Divulgação

              



A Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras, prepara-se para comemorar o Dia das Doenças Raras - Rare Disease Day -, abrindo as portas da Casa dos Marcos à comunidade para dar a conhecer os seus serviços e respetivas equipas.
 
Criado em 2008, o Dia das Doenças Raras celebra-se anualmente no último dia do mês de Fevereiro, em mais de 70 países do mundo, pois cerca de 8% da população mundial tem uma Doença Rara. Este dia é comemorado como um evento anual de consciencialização, visando alertar a população para estas patologias e para as dificuldades que os seus portadores e cuidadores enfrentam.
 
Como comemoração desta data, no próximo dia 27 entre as 17h00 e as 20h00, vamos ter a nossa Casa aberta a todos os visitantes que queiram conhecer a dinâmica do espaço que todos os dias acolhe Meninos Raros de Norte a Sul do país!
 
A Casa dos Marcos, situada na Moita, é o primeiro e único Centro de Recursos para as Doenças Raras existente em Portugal, disponibilizando serviços nas áreas social e de saúde:

  • Unidade Clínica de Ambulatório – Consultas de diversas especialidades médicas;
  • Unidade de Medicina Física e Reabilitação - Fisioterapia, Terapia da Fala, Terapia Ocupacional, Hipoterapia;
  • Unidade de Cuidados Continuados Integrados;
  • Unidade Privada de Internamento
  • Centro de Atividades Ocupacionais;
  • Lar Residencial;
  • Residência Autónoma;
  • Campos de Férias.

Para além destes serviços, neste dia apresentamos também a Linha Rara e o Trace-RD - Centro de Formação para as Doenças Raras.

Venha visitar-nos, esperamos por si!


Apoio On-line

Exmo(a) Senhor(a)
Vivo nos arredores de Lisboa e sou pai de uma menina, agora com 7 anos, que é portadora da doença de TARGARDT (degeneração da mácula), o que faz com que perca a visão central, doença essa que é actualmente
incurável, mesmo no estrangeiro.
Como não é fácil obter informações a nível nacional, resta-me a Internet para adquirir um conhecimento mais profundo que me ajude alidar com esta doença, pois mesmo em Lisboa a única ajuda que me foifacultada foi de uma associação (mais concretamente a Associação de Retinopatias de Portugal), associação essa que também padece doproblema de falta de apoio, pois é uma entidade privada.
O grande objetivo deste email é tentar arranjar maneira de contactar pessoalmente, familiares ou amigos de pessoas que sofram da mesma ou semelhante doença, para fazer um rastreio, com um único pensamento:
Difundir e trocar informações acerca desta doença. POR FAVOR divulguem este email pelos vossos contactos e/ou se tiverem conhecimento pessoal de um caso semelhante, agradecia que me informassem.
 

MUITO E MUITO OBRIGADO
Rui Gonçalves
P.F., não ignorem a mensagem. Ler e reencaminhar não custa nada.
Obrigado.

Divulgação

 

SECRETARIADO SPCE: INFORMAÇÕES GERAIS

  • Realizar-se-á no próximo dia 23 de fevereiro a abertura oficial das Comemorações dos ‘40 anos de Educação na Universidade do Minho’. Saiba mais em anexo e em: http://www.ie.uminho.pt/Default.aspx?tabid=4&pageid=669&lang=pt-PT
  • Com a participação do nosso Conselheiro PROF. LICÍNIO C. LIMA, vai realizar-se no Porto,   no dia 28 de fevereiro (ver anexo), por iniciativa da FENPROF, um Debate sobre o tema MUNICIPALIZAR A EDUCAÇÃO.
  • Decorre até ao dia 1 de março a submissão de trabalhos para a «XII Semana da Mulher: Mulher, Gênero, Violência e Educação», que se realizará de 23 a 27 de março, na FFC – Unesp de Marília. Saiba mais em:http://www.marilia.unesp.br/#!/eventos

Divulgação

A Raríssimas convida todos os sócios, amigos e parceiros a juntarem-se às comemorações do Dia das Doenças Raras, contra a discriminação dos doentes com estas patologias.

Dia 24 de fevereiro, pelas 14h30min, no Museu da Ana, no Aeroporto de Lisboa, inauguração da exposição fotográfica Somos Raros, Não Bizarros.



Contamos com a vossa presença!

Juntos faremos a diferença!

Divulgação

SECRETARIADO SPCE: INFORMAÇÕES GERAIS

  • Foi publicada em Diário da República a nova Lei Orgânica do Conselho Nacional de Educação (CNE), Decreto-Lei n.º 21/2015, de 3 de fevereiro. Apesar de ter havido uma alteração substantiva na composição das entidades, a Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação (SPCE) mantém a sua representação no CNE.
  • A Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura vai promover, em 25 de fevereiro, no auditório do edifício Novo da Assembleia da República, uma Audição Pública com a temática «Reflexão sobre os currículos da escolaridade obrigatória». A Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação (SPCE) foi convidada para participar e estará representada pelo Presidente da Direção.
  • Terá lugar no próximo dia 18 de março, no CES de Coimbra, o Seminário Internacional «Perspetivas interdisciplinares em educação, história e eurocentrismo em Portugal e no Brasil». Saiba mais em:http://www.ces.uc.pt/eventos/index.php?id=11252
  • A decorrer na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCE/UP), entre janeiro e maio de 2015, o IV Ciclo de Debates OBVIE que assumirá como eixo central os discursos e sentidos que permitem uma ressignificação do currículo escolar. O programa segue em anexo. Saiba mais em: http://www.fpce.up.pt/ciie/obvie e em https://www.facebook.com/obvie.up
  • Junto se remete a ligação para o novo sítio eletrónico da Associação Regional de Administração Educacional: http://arae-madeira.webnode.pt/

Divulgação

A Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras, prepara-se para a abertura da sua UNIDADE DE CUIDADOS CONTINUADOS INTEGRADOS (UCCI), a primeira em Portugal, especializada na área das doenças raras.
A UCCI está sediada na Casa dos Marcos, na Moita, e é representativa de três das tipologias da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI):

  • Unidade de Convalescença – 10 camas – internamentos até 30 dias;
  • Unidade de Média Duração e Reabilitação – 10 camas – internamentos de 30 a 90 dias;
  • Unidade de Longa Duração e Manutenção – 10 camas – internamentos com mais de 90 dias, ou, em caso do Descanso do Cuidador, até 30 dias seguidos.

Como pode ser utente das nossas UCCI?
A referenciação para aceder à RNCCI pode ser realizada de duas formas:

  • Pelas Equipas de Gestão de Altas Hospitalares, caso a pessoa se encontre internada em Hospital do Serviço Nacional de Saúde;
  • Através do Centro de Saúde (médico de familia, enfermeiro ou assistente social), caso a pessoa esteja no domicílio, hospital privado, ou outro local de residência).

Caso pretenda obter informações adicionais sobre a admissão na UCCI da Casa dos Marcos, contacte-nos através do número de telefone 211 165 300 ou do endereço de e-mail ucci@rarissimas.pt.

Divulgação

Caros amigos,

Escrevo para compartilhar o projeto Audiolivro Colcha de Retalhos, uma obra coletiva com foco na acessibilidade da literatura para pessoas cegas, com baixa visão ou outras dificuldades para leitura: http://bit.ly/audiolivro

 

O projeto foi desenvolvido da seguinte maneira:

 

  1. Foi aberto um edital de convocação a todos os interessados em colaborar com a obra, através da cessão de suas vozes, interpretações e sotaques;
  2. Após a recepção das obras, foi realizada a edição texto a texto, incluindo efeitos sonoros e equalizando o áudio, para que não houvesse grande diferença de volume entre os textos;
  3. Ao final da edição texto a texto, foram reunidos e ordenados todos os textos em um só arquivo para publicação.
  4. O material foi publicado e está disponível para download em: http://bit.ly/download-audiolivro
  5. Também é possível ouvir o audiolivro pelos seguintes endereços:

- https://soundcloud.com/r-domit/colchaderetalhos (é possível fazer o download por aqui também, requer apenas um cadastro gratuito)

- https://www.youtube.com/watch?v=QYkF2XyIz8c

 
Agora se inicia a principal etapa do projeto:


Preciso fazer com que esta obra alcance as instituições de ensino (especialmente as voltadas às pessoas cegas ou com baixa visão, sem excluir outras que podem eventualmente atendê-las), as bibliotecas, as ONGs e OSCIPs com atuação em áreas relacionadas às pessoas cegas ou com baixa visão e demais possíveis interessados. Além de precisar fazer esta ideia chegar a outros autores e a editoras, para que se desperte o interesse e a responsabilidade pela acessibilidade das obras literárias.

Para isso, conto com o apoio dos tantos contatos acumulados de Londrina, da literatura, de Curitiba, da comunicação, do Rio... e de tantas outras cidades e experiências.


Espero que goste do resultado e, se possível, que ajude a fazer ele chegar àqueles para os quais esta obra foi desenvolvida.

 

Abraços,

 

--

http://rodrigodomit.blogspot.com

http://facebook.com/rodrigodomit

Divulgação

Programa de Difusão de Actividades Artísticas, Culturais e de Formação da ANACED | Fevereiro 2015 | Nº 1

 

Para este mês de FEVEREIRO propomos-lhe diversas sugestões artísticas, culturais e de formação, esperando contribuir para momentos de enriquecimento, partilha e lazer.

Não deixe de ir a espectáculos, de visitar exposições, de participar, e sobretudo de conhecer o que lhe propomos.

 

 

Espectáculos

 

A Perna Esquerda de Tchaikovski

Mestiço

AEQUALIS - Espectáculo Musical e Dramático Inclusivo

 

Exposições

 

Aproximações

Plumas

7 Milhões de Outros

Paródias: Paula Rego/ Rafael Bordalo Pinheiro

 

Actividades Culturais

 

Festival dos Sentidos

Museus e Monumentos gratuitos no primeiro domingo de cada mês

Actividades Culturais no Teatro da Cerca de São Bernardo

 

Formação

 

Conferência Políticas Culturais para o Desenvolvimento

Curso Comunicação Acessível: Design de Comunicação e Linguagem Simples

 

Concursos

 

Prémio Novos Artistas Fundação EDP

Concurso de Arte, de Design e de Publicidade @ Galp Creative

Apoio On-line

"Boa tarde, estava lendo um artigo seu, porque estou em busca de respostas para meus problemas.
Meu nome é verônica tenho 25 anos, eu comecei esse ano a fazer faculdade, e estou tendo muita difilculdade na aprendizagem, essa semana tive palestras sobre inclusão e percebi que muitas coisas respondem meus questionamentos. mas tenho medo de conversar com minhas professoras. Eu não consigo me concentrar, e principalmente eu nao consigo aprender, eu já tive vontade de voltar na alfabetização, eu nao sei o que acontece, mas eu estudo com meu esposo as regrinhas de portugues e nao consigo aprender de forma alguma, a minha vida td estudei em escola particular, e ate hoje eu não sei português, eu sempre pensei que era porque eu sou burra e nao aprendo , nao tenho a base da matéria. mas a cada dia eu percebo q muitas coisas as pessoas aprendem e eu nao consigo aprender, eu estou sofrendo muito com isso, porque eu quero mudar minha historia de vida, quero ser uma boa leitora me dedicar aos estudos, mas eu nao consigo, de forma alguma. Um dia deses uma professora fez um teste falando que nossa memoria de trabalho grava de 7 a nove itens , e pegou e falou o numero do celular dela , todo mundo gravou só eu que não, eu nao consigo gravar a data de aniversario dos meus pais irma . só do meu sobrinho que eu estava presente no dia do nascimento, eu nao sei oque eu tenho , mas eu preciso mudar, ser diferente. Não sei se você pode me ajudar, se sim , eu posso contar um pouco mas da minha historia , mas te imploro por ajuda, não aguento mas ser assim. preciso me achar no mundo, eu quero ser difrente."
V.R.
 

Bom dia... Desculpe só agora responder ao seu mail... É natural, que a longo da nossa vida façamos comparações ou analogias com pessoas e situações. Contudo, não deve esquecer-se que se está na faculdade é pq terá algum valor, isto é... Não pode ser tão limitada como diz.
A palavra/termo memória
 tem sua origem etmológica no latim e significa a faculdade de reter e /ou readquirir idéias, imagens, expressões e conhecimentos adquiridos anteriormente reportando-se às lembranças, reminiscências.

Esta é uma faculdade cognitiva extremamente importante - forma a base para a aprendizagem.  Para além disto, forma a base de nosso conhecimento, estando envolvida com nossa orientação no tempo e no espaço e nossas habilidades intelectuais e mecânicas.
Em suma, a aprendizagem e a memória são o suporte para todo o nosso conhecimento, habilidades e planeamento.
Tipos de memória: memória ultra-rápida cuja retenção não dura mais que alguns segundos; memória  de curto prazo (ou curta duração), que dura minutos ou horas e serve para proporcionar a continuidade do nosso sentido do presente; memória de longo prazo (ou de longa duração), que estabelece engramas (ou traços duradouros (dura dias, semanas ou mesmo anos).
Existem várias formas de trabalhar a memória, assim como elevar as capacidades de atenção e de concentração. Não considero a sua situação dramática... Acredite, cada pessoa é um ser com capacidades e limitações... Um ser que interage com o mundo... Que absorve aprendizagens e evolui.

Sugestão de leitura:

http://www.cerebromente.org.br/n01/memo/memoria.htm

António Pedro Santos