Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GAI - Gabinete de Apoio e de Intervenção

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Para esclarecer, sensibilizar e intervir.

GAI - Gabinete de Apoio e de Intervenção

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Para esclarecer, sensibilizar e intervir.

Divulgação


Eunice Kennedy Shriver

O Special Olympics, criado em 1968, é o maior movimento desportivo mundial focado na promoção do desporto para pessoas com deficiência intelectual.
A visão de um Mundo onde cada pessoa, independentemente da sua capacidade, fosse aceite e valorizada, levou a que surgisse a convição de que as pessoas com deficiência intelectual podem, com enquadramento técnico adequado, beneficiar da participação no Desporto.

Assim nasceu o Special Olympics.

Abraçado por Eunice Kennedy Shriver, o Movimento surgiu com o intuito de transformar comunidades, inspirando as pessoas a abrir as suas mentes, para aceitar e incluir pessoas com deficiência intelectual.

Desde então o Movimento tem crescido e engloba cerca de 3.5 milhões de atletas em mais de 180 países e em todas as regiões do mundo.
Esta organização sem fins lucrativos emprega as suas energias na procura do verdadeiro potencial que existe dentro de cada um dos seus participantes. Deste modo, o Special Olympics oferece a oportunidade aos seus atletas de realizar o seu potencial e desenvolver as suas habilidades, através do desporto, apresentando-se não apenas como uma organização desportiva para pessoas com deficiência intelectual, mas essencialmente, como catalisadora eficaz para a mudança social.
Transformando a vida dos atletas, proporcionando benéficas mudanças de vida, os atletas do Special Olympics são, mais eficazmente, capazes de atingir a auto-realização e uma maior inserção na estrutura familiar e social.

O Special Olympics é, de facto, uma experiência estimulante, saudável e acolhedora.

 

Divulgação

DESPORTO ADAPTADO – DEFINIÇÕES
A Constituição da Republica Portuguesa de 1976 consagra, no seu Artigo 79º, o direito à cultura física e ao desporto a todos, aspeto este reforçado pelo Artigo 1.º da Lei n.º 30/2004, de 21 de julho – Lei de Bases do Desporto – que assume o desporto como fator indispensável na formação da pessoa  e no desenvolvimento da sociedade, não deixando de se ocupar especialmente da prática desportiva do cidadão portador de deficiência, como é visível nas determinações constantes nos artigos 5.º, 26.º, 32.º, 70.º e 82.º.

Do mesmo modo, a Lei n.º 38/2004, de 18 de agosto – Lei de Bases da Prevenção e da Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência – faz referência ao valor da prática desportiva para os cidadãos portadores de deficiência, nomeadamente no que se refere ao desporto e à recreação como medidas para a habilitação e reabilitação (artigo 25.º). Além disso, estabelece que “cabe ao Estado adotar medidas específicas necessárias para assegurar o acesso da pessoa com deficiência à prática do desporto e à fruição dos tempos livres” (artigo 38.º), incluindo o acesso à prática do desporto de alta competição (artigo 39.º).

Neste enquadramento, a organização da prática desportiva revela-se um instrumento privilegiado de intervenção com portadores de deficiência. O universo do desporto subdivide-se em várias vertentes, nomeadamente, educativa, recreativa, terapêutica e competitiva, todas elas aplicáveis às populações especiais, e também todas elas promotoras de integração social.

O desporto tem o mérito de dar visibilidade às capacidades dos indivíduos, e não às suas dificuldades, pois ninguém pratica uma atividade desportiva e recreativa em que não tenha oportunidade de colocar em evidência as suas capacidades.


VALOR DO DESPORTO E DA ACTIVIDADE FÍSICA NA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

A nível do próprio indivíduo, poderá contribuir para:

- O desenvolvimento da condição física (aumento da força, da resistência, da velocidade, da flexibilidade);
- O psicomotor (melhoria no controlo postural, na coordenação motora, no equilíbrio, no conhecimento do corpo e das suas reais potencialidades quer psicomotoras, quer físicas);
- A estimulação de centros nervosos e de estruturas anatómicas lesadas, que poderá acelerar o processo terapêutico;
- Potenciar o desenvolvimento cognitivo;
- Potenciar um aumento do autoconceito;
- Potenciar um aumento da comunicação;
- Potenciar a prevenção de estados depressivos e de ansiedade;
- Potenciar a redução da irritabilidade e da agressividade;
- A produção de uma sensação de bem-estar e equilíbrio;
- Ajudar no desenvolvimento intelectual, sobretudo nas idades mais tenras;
- Potenciar a integração social e a qualidade de vida.

Contribui também para o desenvolvimento social, nomeadamente:

- Através do esclarecimento do público acerca da situação particular dos grupos de deficiência, acerca das suas experiências, comportamento, atuação e das suas reais capacidades;
- Permitindo construir uma melhor camaradagem entre deficientes e não deficientes;
- Promovendo a integração social de portadores de deficiência através da realização de provas com pessoas com deficiência em eventos para pessoas sem deficiência;

- Os desportistas com deficiência funcionam como modelo de superação dos próprios limites para outros elementos com deficiência, permitindo que estes possam encontrar soluções para as suas próprias barreiras à integração e participação na sociedade;
- Despertando um maior interesse da comunidade científica para o estudo das deficiências, sobretudo no que diz respeito às áreas científicas que estudam o comportamento. A partir daí, a intervenção com esta população terá uma mais-valia no que diz respeito à qualidade desta;
- Promovendo o desenvolvimento de soluções técnicas e de materiais cada vez mais adaptados, que permitam a atenuação das desvantagens provocadas pelas deficiências.

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL
Lei n.º 5/2007, de 16 de janeiro - Lei de Bases da Atividade Física e do Desporto
Lei n.º 38/2004, de 18 de agostoLei de Bases da Prevenção e da Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência
Decreto-Lei n.º 125/95 de 31 de maioAlta Competição e Seleções Nacionais
Decreto-Lei n.° 123/97 de 22 de maio - Adoção de um conjunto de normas técnicas básicas de eliminação de barreiras arquitetónicas em edifícios públicos, equipamentos coletivos e via pública para melhoria da acessibilidade das pessoas com mobilidade condicionada
Portaria n.º 393/97, de 17 de junho - Concede prémios aos cidadãos com deficiência que se classifiquem num dos três primeiros lugares de provas dos jogos paraolímpicos ou de campeonatos do Mundo ou da Europa e da Taça do Mundo de Boccia

LIGAÇÕES

Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P (INR I.P.)
Av. Conde Valbom, 63
1069-178 Lisboa
Tel.: (+351) 21 792 95 00
Fax: (+351) 21 796 51 82
inr@seg-social.pt
www.inr.pt/

Comité Paraolímpico Internacional (IPC - International Paralímpic Committee)

Adenauerallee 212-214
53113 Bonn
Germany
info@paralympic.org
www.paralympic.org


Federação Portuguesa de Desporto para Deficientes (FPDD)

Rua Pres. Samora Machel, Lte 7
2675-064 OLIVAL BASTO
Tel: 21 937 99 50
Fax: 21 937 99 59
fpddpor@mail.telepac.pt
www.portugal-paralimpicos.org


Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal (ACAPO)

Rua de S. José, 86-1º
1 150 Lisboa
Tel: 21/342 20 01
Fax:: 21/342 85 18
dn@acapo.pt
www.acapo.pt


Associação Nacional de Desporto para Deficiência Mental (ANDDEM)

Rua Prof. Angélica Rodrigues, nº 46, Sala 7
4400-555 VILA NOVA DE GAIA
Tel: 22 712 91 38/39
Fax: 22 712 91 43
info@anddem.rcts.pt
www.anddem.pt

Associação Nacional para Deficientes Motores (ANDDEMOT)

Rua João Maria Porto
Encosta da Portela
2795-637 CARNAXIDE
Tel: 21 417 73 26
Fax: 21 418 17 46

Paralisia Cerebral / Associação Nacional de Desporto (PC/AND)

Estrada da Beira, nº 90
3030-173 COIMBRA
Tel: 239 78 04 36
Fax: 239 78 04 37
pcand@mail.telepac.pt

Liga Portuguesa de Desporto para Surdos (LPDS)

Av. de Ceuta Sul, Lte 6, loja 3
1350 LISBOA
Tel: 21 364 19 36
Fax: 21 364 19 38
lpds@lpdsurdos.org.pt
www.lpdsurdos.org.pt

Special Olympics – Portugal

Rua do Sitio do Casalinho da Ajuda
1349-012 Lisboa
Tel.: + 351 213 629 424
Fax: + 351 213 648 639

Divulgação

SECRETARIADO SPCE: INFORMAÇÕES GERAIS

 

  • Terá lugar no Instituto de Educação da Universidade do Minho, no próximo dia 30 de março, pelas 18 horas, a conferência «Quem Somos? Donde Vimos? Para Onde Vamos?» proferida pelo Prof. António Nóvoa, conferência sob a moderação do Prof. Licínio Lima. Esta conferência insere-se no Ciclo de Conferências do programa comemorativo dos 40 anos de Educação na Universidade do Minho.
  • Decorre até ao próximo dia 31 de março o call for papers para o VII Congresso Internacional «A Vez e Voz das Mulheres Migrantes em Portugal e na Diáspora: Mobilidades, Tempos e Espaços». Este Congresso terá lugar na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, nos dias de 11 a 13 de junho de 2015. Saiba mais em anexo.
  • Junto enviamos informação sobre abertura de vaga no Departamento de Ciências da Educação da Universidade de Fribourg.

Divulgação

SECRETARIADO SPCE: INFORMAÇÕES GERAIS

  • «Refundar a escola» é o título do artigo, recentemente publicado no jornal ‘O Público’, do Conselheiro da SPCE, Prof. David Rodrigues. O artigo encontra-se disponível em: http://www.publico.pt/sociedade/noticia/refundar-a-escola-1689648
  • Terá lugar na Universidade do Minho, nos dias 1, 2, e 3 de outubro de 2015, o II Colóquio Internacional de Ciências Sociais da Educação (II CICSE), «O Governo das Escolas: Atores, Políticas e Práticas». Saiba mais em:http://webs.ie.uminho.pt\iicicse
  • Já se encontra publicado e disponível online o Vol 2, Issue 3 do «Sisyphus – Journal of Education» - “One Planet Residency: Perspectives on Globalization and Education”. Saiba mais em: http://revistas.rcaap.pt/sisyphus/index

 

Divulgação

 SPCE 25 anos - 1990.2015

Estimados/as Associados/as:

Concurso de ideias

Em 2015, estamos todos a comemorar os 25 anos da criação da SPCE.

Neste sentido, a Direção lança um miniconcurso de ideias para encontrarmos uma pequena frase (ou slogan) que possa transmitir uma mensagem chamativa e autêntica sobre o percurso passado e, sobretudo, sobre o percurso futuro que aspiramos a construir como comunidade científica. A frase será escolhida pela Direção da SPCE na sua próxima reunião.  Faz-se um apelo à participação. O vencedor ou vencedora terá a quota anual de 2015 paga e receberá um exemplar impresso da revista Investigar em Educação (nº 1, nova série, 2014) e um exemplar de cada um dos 3 livros laureados com o prémio SPCE (Porto Editora e Defacto editora). As sugestões devem ser enviadas por mail até ao próximo dia 19 de março.

A Direção da SPCE

E-mail: spce.geral@gmail.com

Secretariado da SPCE

Rosa Branca Silva Pinto

Mestre em Ciências da Educação

Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação

Rua João de Deus, n.º 38 C.P.: 4100-456 Porto

NIF: 502 459 280

Telefone: 0351 22 600 95 25

Segunda a Sexta-feira: das 9h às 13h

E-mail: spce.geral@gmail.com

Website: www.spce.org.pt

Facebook: www.facebook.com/SPCE1990

Twitter: www.twitter.com/SPCE1990

Divulgação

Caros Associados e Amigos,

 

Vimos enviar alguma informação, que vos poderá ser útil, relativamente a serviços específicos para as Famílias:

  1. ESCUTAR E ORIENTAR

Com estas sessões pretende-se fazer um aconselhamento e apoio, no sentido da compreensão da situação e da sua superação.
Com a orientação da psicóloga Dra. Patrícia Sousa, Directora Técnica da Casa Grande, às sextas-feiras à tarde.
Marcações para:21 711 91 00
Custo da Sessão para associados com quota em dia: 60 € (1ª Sessão); 50 € (as seguintes) e para associados com quota em atraso ou não  associados 80€ (1ª Sessão) e 65€ (as seguintes).
Mais informações em: http://www.apsa.org.pt/actividades.php?id=7

  1. PROGRAMA FAMÍLIA

Um programa de intervenção no domicílio e na comunidade, através de sessões semanais com os objectivos de:
- Treino de competências sociais

Desenvolver relações intrapessoais e interpessoais, intencionalidade comunicativa, regulação socio-emocional e reciprocidade social, em grupo e individual.
- Treino de autonomia funcional e comunitária

Desenvolver autonomia secundária e comunitária para que o jovem/adulto adquira competências no quotidiano.
Mais informações em: http://www.apsa.org.pt/noticias.php?id=206

  1. INTERVENÇÃO SISTÉMICA FAMILIAR   

Uma nova forma da Casa Grande apoiar as famílias, com a orientação da Psicóloga - Terapeuta Familiar Dra. Renata Cavalheiro Dias.
Mais informações em: http://www.apsa.org.pt/noticias.php?id=216

  1. REUNIÕES DE PAIS
    As reuniões de pais decorrem todas as primeiras sextas-feiras de cada mês na Casa Grande. A Próxima é já dia 6, estamos à vossa espera.

    Mais informações em: http://www.apsa.org.pt/actividades.php?id=5


Ensaio Geral Solidário | Companhia Nacional de Bailado

Homenagem ao Ballet Gulbenkian 
11 Março 2015 - Teatro Camões - Parque das Nações, Lisboa (junto do Oceanário) 
21h00 (abertura de portas às 20h30)

Vimos convidá-los a juntarem-se a nós para assistir ao ENSAIO GERAL SOLIDÁRIO, pela Companhia Nacional de Bailado, uma coreografia de Olga Roriz que é uma homenagem ao Ballet da Gulbenkian.

A Companhia Nacional de Bailado oferece esta noite de actuação à APSA e a mais três instituições de solidariedade social. Com o seu donativo, a partir de 12 euros, a APSA envia um convite para assistir ao Ensaio Geral Solidário Ballet Gulbenkian.

Os donativos angariados nesta iniciativa vão permitir à APSA dinamizar as actividades de capacitação de competências para a vida social e profissional autónoma na Casa Grande para jovens com a Síndrome de Asperger.

Para obter convite deverá efetuar um donativo a partir do valor de 12€ para a conta do Banco Montepio com o
NIB: 0036 0106 9910 0045 215 49

CONSIGNAÇÃO DE 0,5% DO IRS

Na hora de entregar a sua declaração anual de IRS, pode ajudar a APSA.
Para isso, preencha no anexo H o quadro 9, campo 901, assinalando com X a sua intenção e coloque o
NIPC da APSA - 506596150

Departamento de Comunicação e Angariação de Fundos

comunicar@apsa.org.pt

T:96 339 00 78
Tel. 217119100 /Ext.108

 

Arruamento à Travessa da Granja, nº 1 - 1500-335 Lisboa

geral@apsa.org.pt |www.apsa.org.pt |www.facebook.com/apsa.org.pt