Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAI - Gabinete de Apoio e de Intervenção

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Para esclarecer, sensibilizar e intervir.

GAI - Gabinete de Apoio e de Intervenção

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Para esclarecer, sensibilizar e intervir.

Depoimentos

Relativamente ao Síndrome de Klippel-Trenaunay

Olá, tenho 27 anos e sou portadora da síndrome, desde pequena passei e vários médicos, muitos não conheciam a Sindrome e pelo que ouvi até hoje realmente não tem cura.

No meu caso ocupa toda a perna direita que é um pouco mais grossa que a outra,sinto um pouco de desconforto devido ao inchaço, sensação de que a perna esta pesando e um pouco de dor no joelho pois as veias invadiram a cartilagem o que gerou uma artrose equivalente ao de uma pessoa de 60 anos, mas sinto dores normalmente na época do inverno. Respondendo a pergunta da Cristiane, trabalho hoje em uma grande empresa. através das vagas para deficientes porém a informação que tive é que a síndrome não se encaixa como deficiência e sim algum problema que dela se origine, no caso artrose, de um modo geral graças a Deus consigo ter uma vida normal, em 27 anos foi a primeira vez que tentei saber mais a a fundo sobre a doença e me surpreendi ao descobri que muitas outras pessoas tem o mesmo problema, pensei que fosse a unica.Acho muito legal esse compartilhamento é bom saber que não estamos sozinhos além de Deus ao nosso lado.