Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

EDUCAÇÃO DIFERENTE - Gabinete de Apoio e de Intervenção

EDUCAÇÃO, SOCIEDADE E DEFICIÊNCIA

EDUCAÇÃO DIFERENTE - Gabinete de Apoio e de Intervenção

EDUCAÇÃO, SOCIEDADE E DEFICIÊNCIA

Apoio on-line

Olá Boa Noite. Sou estagiaria de psicologia, e fui informada que vou acompanhar, e dar algum informação a nível de educação sexual uma adolescente de 15 anos com deficiência. Uma vez que na minha licenciatura não foi um tema que abordássemos, estive a fazer algumas pesquisas na internet, e encontrei este email, então venho por este meio pedir ajuda e algumas sugestões para este caso. Obrigada pela atenção. Peço desculpa pelo incomodo. Joana


Boa noite... Não é incómodo nenhum! Estamos cá para isso. A Educação Sexual é cada vez mais uma necessidade nas escolas. (quer do Ensino Especial quer no Ensino Regular). Desta forma, é necessário um trabalho conjunto entre Encarregados de Educação, Professores, Média e todos os outros intervenientes na educação da criança/ jovem, no sentido de possibilitar um maior esclarecimento nesta área, favorecendo assim um desenvolvimento mais harmonioso e saudável. Falar de Educação Sexual é falarmos do nosso corpo, na forma como nos expressamos dos nossos sentimentos e emoções. A Educação Sexual compreende diversos aspectos da sexualidade e das relações que estabelecemos com os outros e connosco (Enquanto seres sexuados e dotados de uma identidade sexual). A Educação Sexual desempenha um papel de extrema importância na promoção da auto-estima, afirmação pessoal e desenvolvimento da personalidade. O deficiente mental, como qualquer ser humano tem necessidade de expressar os seus sentimentos de uma forma própria. A repressão da sexualidade nestes indivíduos pode alterar o seu equilíbrio interno. Por outro lado, a sexualidade devidamente orientada melhora o desenvolvimento afectivo e favorece a sua capacidade de se relacionar, melhorando a auto-estima e a adequação à sociedade. A discussão do tema sexualidade na nossa sociedade vem sempre acompanhada de preconceitos e discriminações. Quando o tema passa a ser sexualidade na deficiência mental os preconceitos e as discriminações mencionados anteriormente intensificam-se e geram alguma polémica no que diz respeito às diferentes formas de abordá-lo. Apesar das diferenças entre os deficientes quase todos são capazes de aprender a desenvolver algum nível de aptidão social e de conhecimento sexual. Podendo incluir ainda, a habilidade para diferenciar os comportamentos apropriados e não apropriados (assim como para desenvolver um senso de responsabilidade no que se refere aos cuidados de nível pessoal e de relacionamento com os outros). Vários autores que se debruçam ao estudo desta problemática discutem diversas crenças existentes na nossa sociedade, tais como: crê-se que os jovens com deficiência não são sexualmente activos (embora alguns adolescentes, com deficiência profunda possam ser menos aptos que os seus pares para serem sexualmente activos, a crença é infundada, pois não se deve assumir que a condição de deficiência por si só, preveja o comportamento sexual). Por outro lado, as aspirações sociais e sexuais de pessoas com deficiência não são diferentes dos seus pares (pois apesar do isolamento social que muitos deficientes vivenciam, estudos demonstram que a maioria destes jovens gostariam de ter relações sexuais, de casar e de ter filhos).

Em baixo deixamos algumas sugestões que poderão ser uteis:

http://edif.blogs.sapo.pt/2991.html

http://www.min-saude.pt/portal/conteudos/informacoes+uteis/saude+escolar/educacaosexual.htm

http://blog.wilson.com.pt/2008/04/13/educao-sexual-para-crianas/

http://www.flaminia.pt/Fla/Grupos/edsex.html?EdSex=edsex_main.html

http://soseducacaosexual.no.sapo.pt/

http://www.tecnet.pt/portugal/32151.html

http://biblioteca.sinbad.ua.pt/teses/2007001340

http://www.apf.pt/index.php?area=002&mid=004&sid=004&ssid=000&PHPSESSID=6b4899b8781a3683643364dbfc9cce89

http://deficiencia.no.comunidades.net/index.php?pagina=1043436994

http://www.entreamigos.com.br/textos/sexualid/oadole.htm

http://www.icevi.org/publications/icevix/wshops/0294.html

http://www.artsbrasil.org.br/fase2/materia.asp?p=131

http://sentidos.uol.com.br/canais/materia.asp?codpag=8982&canal=educacao

http://biblioteca.universia.net/html_bura/ficha/params/id/36483332.html

http://providafamilia.org/doc.php?doc=doc00267

http://www.anamarisabrito.com/

Boa sorte!